UniSecal: ex-alunos de Jornalismo contam histórias de sucesso

Há vários ex-alunos da UniSecal que conquistaram a tão sonhada carreira que buscavam quando iniciaram suas vidas acadêmicas. Um dos cursos que o Centro Universitário Santa Amélia disponibiliza é Jornalismo e hoje existem profissionais da área com carreiras consolidadas que se formaram na instituição. São centenas e três deles contaram um pouco de suas trajetórias.

Silvia Ajuz Ferreira

Silvia durante entrevista

Silvia trabalha atualmente na TV Educativa de Ponta Grossa como repórter. Enquanto cursava Jornalismo na UniSecal, ela fez estágio na Rádio CBN, no Jornal da Manhã/Portal aRede e na TV Educativa, onde foi contratada depois de formada.

A jornalista tem uma rotina movimentada, que inclui a checagem de pautas do dia, deslocamento com a equipe de reportagem, apuração dos fatos, escrita da matéria e gravações de offs e sonoras. Depois disso, a matéria segue para a edição. A média é de três ou quatro matérias locais por dia, que são divididas entre a equipe da manhã e da tarde. Eventualmente Silvia faz a apresentação do TVE Notícias 2ª edição.

Ela conta como o Centro Universitário, em específico o curso de Jornalismo, lhe ajudou a chegar onde está. “Quando entrei na UniSecal, o jornalismo era só um sonho. Eu não sabia nada da profissão e tinha uma visão romântica sobre o assunto. Mas, com o passar dos semestres, através das aulas teóricas e, principalmente com as práticas desenvolvidas na faculdade, consegui entrar na realidade da profissão. Então, o que era só um sonho foi se tornando possível. Hoje posso dizer que aprendo todos os dias, a cada reportagem realizada e que a experiência é fundamental para ser uma boa repórter. Porém, sem ter uma base sólida, que foi o que a faculdade me deu, seria impossível estar onde estou hoje”, explica a jornalista.

Quando indagada se indicaria a UniSecal para outras pessoas, Silvia responde positivamente. “Com certeza eu indico! A profissional que sou hoje é o resultado do trabalho da equipe da UniSecal. De lá já saíram excelentes profissionais que hoje são inspiração para mim. Espero, um dia, ser também para alguém”, comentou.

Paulo Martins

Paulo durante entrevista

Paulo trabalha na RPC Ponta Grossa, afiliada da Rede Globo, como repórter cinematográfico. É a única empresa em que já trabalhou, com 30 anos de casa. Sobre sua rotina de trabalho, Paulo conta que tirando a correria dos factuais, sua rotina é tranquila. A tranqüilidade da qual fala Paulo, inclui estar sempre pronto para sair em busca de imagens a qualquer momento e estar atento para não deixar passar nada de importante nos locais em que sai para filmar, além, claro, de deixar o(a) colega repórter bem na imagem. Paulo já esteve em coberturas internacionais, como por exemplo, a missão de paz do Brasil no Haiti.

Quando perguntado se indicaria a UniSecal, a resposta dele é que sim, complementando que a Instituição tem bons profissionais. “A formação acadêmica ajudou a desempenhar melhor a minha função. Além da parte técnica você tem que saber o que pode ou não virar notícia. Isso só o curso vai te ensinar”, relata “Paulinho”, como é carinhosamente conhecido pelos colegas de profissão.

Rafaela Czelusniak

Rafaela trabalhando quando atuava em um site da cidade

Atualmente Rafaela trabalha no Sagrado – Rede de Educação, no cargo de comunicação e eventos. Sua experiência na área conta com um estágio na Assessoria da UniSecal e como jornalista em um site local.

Sobre sua rotina de trabalho, ela conta que as principais atividades que desempenha são: fotografia das atividades diárias e eventos da Unidade Educacional; seleção e edição de fotos; produção de notícias e revisão de textos enviados por educadores; planejamento, organização e cobertura de eventos; produção de conteúdo para redes sociais; gravação e edição de vídeos, entre outros.

Da UniSecal, ela conta que sem os conhecimentos e habilidades adquiridas ao longo do curso de Jornalismo, certamente não estaria onde está hoje. “Muitas pessoas entendem que o curso de Jornalismo se resume apenas em trabalhos no rádio, TV e impresso, no entanto, isso é um grande engano. Trata-se de um curso que oportuniza a atuação em diversas áreas do mercado, principalmente neste momento de inovações que o mundo vive”, relata a jornalista.

Para Rafaela, a metodologia de ensino da UniSecal lhe fez adquirir conhecimentos para atender as necessidades do mercado de trabalho, tanto nos meios de comunicação tradicionais, quanto na comunicação empresarial. Por fim, ela indica a UniSecal e lembra que o centro universitário é a instituição de ensino superior que cresce cada vez mais em razão da qualidade do ensino ofertado. “Digo com certeza que, quem escolhe a UniSecal torna-se um profissional altamente qualificado”, alega a profissional.

Jornalismo na UniSecal

O curso tem duração de quatro anos, com atividades práticas já no primeiro semestre. Quem se forma na UniSecal sai preparado para trabalhar em reportagem de rádio, TV, impressos ou TVs; em assessorias de imprensa, com comunicação institucional, em fotojornalismo, no jornalismo esportivo, em produção e edição de materiais jornalísticos e como empreendedor, sendo dono do seu próprio negócio.

Venha fazer parte da UniSecal

Além de Jornalismo, a UniSecal tem também os seguintes cursos: Administração, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Design de Interiores, Direito, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Gestão da Produção Industrial, Gestão da Qualidade, Gestão de Recursos Humanos, Letras – Língua Portuguesa e Libras, Nutrição, Pedagogia e Serviço Social.

Serviço

Saiba mais sobre a UniSecal no site do centro universitário ou no telefone da Central de Relacionamento: (42) 3220-6700. O número é o mesmo para ligações ou mensagens via WhatsApp.



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by