Professor de Jornalismo é premiado em Festival de Cinema no RJ

Documentário ‘V de Vitória’ resgata a história de pracinhas brasileiros que estiveram na II Guerra Mundial

O coordenador do curso de Jornalismo do Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal), Dr. Helton Costa, foi premiado no ‘Militum 2019 – III Festival de Cinema de História Militar’ em razão de seu documentário ‘V de Vitória’. O evento, que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro (RJ) de 18 a 20 de setembro, reconheceu a produção como o melhor filme com a temática do Brasil na II Guerra Mundial, além de levar o prêmio de melhor documentário. Ao todo 27 obras cinematográficas, de nove estados brasileiros, participaram do festival.

A produção ‘V de Vitória’ foi gravada no Brasil e na Itália e resgata a história de pracinhas brasileiros que estiveram na II Guerra Mundial. O longa-metragem teve a coprodução do jornalista Diego Antonelli e da pesquisadora Andressa Beló Costa. O filme pode ser acessado na página oficial do projeto.

Reconhecimento

Com duas premiações do troféu Apollo (homenagem ao Tenente Apollo Miguel Rezk, veterano da Força Expedicionária Brasileira – FEB), Helton enfatiza que se sente feliz com o reconhecimento, principalmente porque ‘V de Vitória’ não é um documentário que defende a guerra.

“Ele mostra a história de brasileiros que, quando foram chamados, cumpriram com a sua parte na luta contra o autoritarismo e o nazi-fascismo. Além disso, mostra o lado humano dos pracinhas que ajudaram os italianos com comida, atenção e carinho” explica Costa.

O documentário traz no decorrer de 139 minutos relatos de 15 pessoas, entre pracinhas e pesquisadores, sobre os acontecimentos ocorridos nos anos de 1944 e 1945. Esses depoimentos, segundo o professor, trazem uma ideia dos danos que um conflito pode causar. “É um filme que fala sobre guerra, mas, que mostra todas as faces dela. A produção tenta fazer com que as pessoas entendam que a guerra não é algo positivo”, ressalta o docente.

Festival Militum

Organizado pela Pátria Filmes, em parceria com a Academia de História Militar Terrestre do Brasil/Seção Rio de Janeiro e Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira/Direção Central, o ‘III Festival de Cinema’ contou com 13 documentários, 10 ficções e quatro animações.

De todo esse material, dez produções foram selecionadas para exibição e, entre elas, ‘V de Vitória’ conquistou dois troféus: Apollo de Melhor Documentário e Apollo Febiano.

 

 

Conteúdo relacionado:

Professor de Jornalismo lança documentário sobre a Segunda Guerra Mundial na sexta (21)

Coordenador de Jornalismo exibe documentário da II Guerra Mundial em Curitiba



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by