fbpx

Coordenador de Direito participa de livro sobre o famoso seriado Black Mirror

Aknaton Toczek Souza, coordenador do curso de Direito da UniSecal.

Por: Dani Ribeiro
Supervisão: Rodolpho Bowens


Obra é fruto da união de diferentes escritores que apreciam o seriado britânico; Aknaton participou na escrita de um capítulo do livro

Lançado pela editora Tirant Brasil, o livro ‘Black Mirror”: Distopias de um futuro presente’ reúne escritores de diversas áreas do conhecimento interpretando livremente os episódios da série britânica Black Mirror. Um dos colaboradores é o professor e coordenador do curso de Direito da UniSecal, Dr. Aknaton Toczek Souza.

A obra é organizada pelos escritores Bruno Silveira Rigon e Vicente Cardoso de Figueiredo. A ideia surgiu durante um curso de extensão sobre a série, ministrado por Augusto Jobim do Amaral na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS).

O livro estrutura-se na forma de coletânea de artigos, com os autores analisando desde o início da 1ª temporada até o final da 4ª, incluindo o especial de natal. Aknaton, juntamente com mais dois escritores – Dr. Pablo Ornelas Rosa e Dr. Pedro Rodolfo Bodê de Moraes -, contribuiu analisando a militarização da vida e das mentes no 5º episódio da 3ª temporada, Men Against Fire, em português ‘Engenharia Reversa’.

O episódio analisado pelo professor narra a história do soldado Stripe, que em sua primeira missão é enviado para uma aldeia para assassinar ‘baratas’. Ele, assim como os demais soldados, possui um chip que além de dar informações vantajosas para os confrontos, como localização dos inimigos, funciona como instrumento de controle sobre a vida dos militares. No desenrolar do episódio, Stripe descobre que as baratas são na verdade seres humanos, tidos como inferiores.

A série

Black Mirror é uma criação de Charlie Brooker e explora sensações do mal-estar contemporâneo. Cada episódio conta uma história diferente, traçando uma antologia que mostra o lado negro da vida atrelada à tecnologia.

O seriado de ficção científica teve sua estreia na TV em 2011, sendo transmitida pela emissora Channel 4, no Reino Unido. Em 2015, a Netflix comprou a série, que teve a 5ª e última temporada disponibilizada pela empresa ano passado.

 

 

Conteúdos relacionados:

Professora publica pesquisa sobre História e Ciência em tempos de pandemia.

Alunos de Grupo de Estudo publicam artigos em periódicos científicos.

Delegado de PG conversa com alunos da UniSecal sobre a carreira policial.