fbpx

Ex-aluna da UniSecal melhora empreendimento da família através de disciplina da graduação

Aqui na UniSecal, sempre formamos grandes profissionais. Com a nossa metodologia, além de aprender de maneira teórica, os alunos são incentivados a pôr o conteúdo em prática durante toda a graduação. No ano passado, as estudantes do último ano do curso de Administração Miriam Marine Mikoski, Elen Karine Ferraz de Almeida e Telma Aparecida Dobrzanski, conseguiram mudar a vida da mãe de uma delas, com uma atividade da disciplina de Gestão de Projetos.

A mãe da Miriam trabalhava com produtos artesanais, mas não via que aquilo poderia ser a base ou a principal fonte de renda da família. Com um estudo aprofundado, as meninas conseguiram trazer uma outra visão para ela e provar que com uma boa administração, o crescimento daquela empresa familiar no mercado, era possível. Conversamos com a Miriam e ela contou os detalhes dessa história para a gente!

– Como vocês tiveram essa ideia? Com qual objetivo ela surgiu?

M: Estávamos no último ano de Administração na UniSecal, na matéria Gestão de Projetos e a atividade era criar uma empresa. Pesquisando sobre o que poderíamos empreender, eu, Ellen e Telma pensamos em estruturar o trabalho da minha mãe. Ela trabalhava com a fabricação de geleia já tinha algum tempo, porém nunca parou para estruturar custos, quantidade produzida, vendas e não tinha um nome para a logo. Pensamos em estruturar algo para que ela visse o quanto está tendo de custo, o quanto ela pode ter de ganho e o quanto isso pode se tornar rentável.

– Como vocês organizaram tudo?

M: Primeiro fizemos uma pesquisa de degustação com todos os produtos e tivemos um resultado bastante positivo. Depois levantamos os dados que precisávamos, fizemos as contas e conseguimos estruturar todas as finanças e o que precisávamos para concluir que tudo isso era lucrativo. Hoje seguimos apenas eu e a minha mãe, então para conciliar com outras atividades, a gente precisa tirar um tempo por dia para analisar tudo, fazer as publicações, dar atenção aos clientes e garantir que o negócio continue fluindo como a gente planejou antes na graduação.

– Como sua mãe reagiu quando vocês apresentaram o projeto?

M: Minha família trabalha na plantação de tabaco e eu queria muito que eles saíssem dessa atividade e focassem em outra que não fosse tão desgastante. Quando a gente estruturou esse projeto, com a logo, tudo pronto para colocar em prática, minha mãe ficou bem animada e começou a ter uma visão bem diferente.

– Como está o empreendimento hoje?

M: Hoje, além das geleias, ela produz suco de uva, bolacha caseira e verduras que ela vende para mercados e frutarias, além dela estar implantando uma estufa de morangos para focar também nessa produção. A venda física ela faz em feiras e venda direta na casa das pessoas. Ela também trabalha muito pelo whatsapp com a minha ajuda, com anúncios e agora ela também conseguiu vender uma quantidade grande para uma loja de produtos artesanais da cidade de Telêmaco Borba. A gente faz anúncios na internet, mas ainda não tem um perfil exclusivo para isso, mas nossa ideia é estruturar também para expandir ainda mais.

– O quanto essa atividade proposta pela UniSecal contribuiu para a sua formação enquanto profissional?

Todo o curso de administração foi muito importante para vislumbrar novos horizontes e oportunidades e a matéria gestão de projetos, em particular, contribuiu para fomentar o espírito empreendedor, podendo assim ajudar a minha mãe no segmento do seu negócio, demonstrando um planejamento detalhado de todo processo, descrevendo custos, ganhos, oportunidades de nicho no mercado, público alvo, através da pesquisa de degustação, a importância que o marketing representa e as oportunidades de se expandir para clientes de fora. O suporte que a professora Sara nos deu, com todos os feedbacks foram muito importantes para nos dar segurança e confiança no decorrer, onde acreditamos que daria certo.