UniSecal promove campanha sobre a conscientização do Autismo

Além de informar as pessoas sobre o transtorno, ideia é que todos vistam uma camisa azul em comemoração ao Dia Mundial do Autismo

O ‘Dia Mundial de Conscientização do Autismo’ é comemorado em 2 de abril. A data, estabelecida em 18 de dezembro de 2007 pela Organização das Nações Unidas (ONU), visa difundir informações para a população sobre o autismo e, assim, diminuir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas por esta síndrome neuropsiquiátrica. Por conta disso, a UniSecal convida toda comunidade para participar da campanha ‘Vamos vestir azul?’.

O que é o Autismo?

Os Transtornos do Espectro Autista (TEA) englobam uma série de diferentes apresentações do quadro, que têm em comum:

  • Comportamentos caracteristicamente padronizados e com sucessão restrita de interesses;
  • Maior ou menor limitação na comunicação, seja linguagem verbal e/ou não verbal;
  • Na interação social.

Portanto, o grau de gravidade varia desde pessoas que apresentam um quadro leve e com total independência e discretas dificuldades de adaptação, até aquelas que serão dependentes para as atividades diárias. O autista olha pouco para as pessoas, não reconhece nome e tem complicação de comunicação e interação com a sociedade.

O autismo aparece nos primeiros anos de vida. Apesar de não ter cura, existem terapias, medicamentos e principalmente muito amor, que podem proporcionar qualidade de vida para os pacientes e suas famílias.

Direitos iguais

Segundo a Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012, são direitos da pessoa com TEA:

I – a vida digna, a integridade física e moral, o livre desenvolvimento da personalidade, a segurança e o lazer;

II – a proteção contra qualquer forma de abuso e exploração;

III – o acesso a ações e serviços de saúde, com vistas à atenção integral às suas necessidades de saúde (o diagnóstico precoce, o atendimento multiprofissional, nutrição adequada e a terapia nutricional, os medicamentos e informações que auxiliem no diagnóstico e no tratamento);

IV – o acesso (à educação, à moradia, ao mercado de trabalho, à previdência social e à assistência social).

Campanha UniSecal

O Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) é uma instituição com responsabilidade social e tem como missão transformar pessoas. Buscando formar não somente profissionais preparados para o mercado de trabalho, mas também seres humanos melhores, a instituição está lançando a campanha ‘Vamos vestir azul?’. A ideia é, além de conscientizar a comunidade sobre o autismo, propor que todos vistam uma camisa azul no dia 2 de abril.

Segundo a professora de Direito da UniSecal que idealizou a campanha, Gislaine do Rocio Rocha Simões da Silva, “o autismo ainda traz alguns mistérios, mas dentro do que já se conhece, quem convive tem o dever de levar à tona a importância que existe em inclui-los em todos os espaços sociais”, comenta a docente, que tem dois filhos autistas.

A educadora ainda ressalta a relevância de conscientizar a população sobre o transtorno.

“As causas do autismo ou os motivos do crescimento dos casos diagnosticados ainda não são conhecidas, mas nem por isso temos que esperar para disseminar o respeito, maior aceitação em sua inclusão e com isso aprendermos sermos mais humanos”, finaliza Silva.

Além da conscientização sobre o TEA, a UniSecal convida as pessoas para publicarem uma foto com as hashtags #azulpeloautismo e #UniSecalApoiaEssaCausa, para que a campanha alcance o maior número de pessoas possíveis e que a discriminação e o preconceito contra autistas diminuam cada vez mais.



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by