Alunos têm aulas práticas de Jornalismo Esportivo com NBPG

Foto: Rafael Kondlatsch

Coberturas esportivas iniciaram em 2018, com a Supercopa Brasil de Basquete

O curso de Jornalismo da UniSecal tem realizado aulas práticas na disciplina de ‘Jornalismo Esportivo’, durante os jogos do Campeonato Brasileiro de Basquete. A parceria com o Novo Basquete Ponta Grossa/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG proporcionou, na última aula, a simulação de ‘links ao vivo’ com o celular. Na experiência, os acadêmicos precisavam gravar três vídeos: antes, durante e após a partida.

Com a coordenação do professor Rafael Kondlatsch, as aulas práticas vêm acontecendo desde o ano passado, quando os alunos realizaram a cobertura da Supercopa Brasil de Basquete. Na última aula, praticada nos dias 5 e 7 de abril, os acadêmicos fizeram uma atividade diferente. Em formato selfie – falando para a câmera do celular – os estudantes comentaram primeiro sobre o início do jogo, depois fizeram um panorama da partida e finalizaram com um resumo opinativo sobre o confronto.

Rafael explica que o formato utilizado para gravação é uma futura tendência do mercado.

“A gente fez dessa forma porque é algo cada vez mais recorrente no jornalismo de maneira geral. O repórter sozinho no lugar, fazendo com o celular a cobertura de um evento. Ou seja, o que estamos fazendo com os acadêmicos é ensina-los para aquilo que achamos que o mercado exigirá cada vez mais, sempre com as melhores técnicas e formas para eles exercerem melhor a profissão”, comenta o docente.

Estudantes aprovam experiências

Daniele Ribeiro, aluna do 5º período, enfatiza que as aulas têm sido enriquecedoras para o aprendizado. “Sempre acompanhei o NBPG, desde o início do projeto. E sou apaixonada por Jornalismo Esportivo. Então, estar perto dos atletas, além de gerar conteúdo jornalístico, é uma oportunidade única”. Além disso, ela salienta a importância de aprender com práticas diferentes, como a realizada na última aula. “Foi possível sentir as dificuldades de trabalhar com links ao vivo, o som, a luz, pessoas passando. Parece algo simples quando vemos os outros fazerem na TV, mas, ao viver na prática, dá para entender que não é tão fácil assim”, finaliza.

Para o calouro Gabriel Ramos de Lima, as aulas têm sido positivas. “É bem legal a gente fazer essas atividades em um campeonato, porque estimula o pessoal a se empenhar e fazer as coisas de uma maneira mais profissional. E por ser basquete, um esporte não tão comum, é mais legal ainda. Nos apresenta realidades e situações que não aprenderíamos normalmente”, diz.

Já para o acadêmico do 5º período, Hurlan Jesus, as experiências práticas na disciplina de Jornalismo Esportivo farão diferença no futuro. “Se ficasse só na teoria, no momento de entrar em ação, aquele nervosismo de estreia seria inevitável. Praticando, já ganha certa experiência e isso é muito importante quando for cobrir um evento esportivo. Sem contar que tais oportunidades são muito válidas, pois pegamos jogos nacionais, com ginásio lotado. Então, vivenciar a adrenalina e a emoção de um jogo é muito importante”, pondera o estudante.

Parceria e novas ideias

O Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) disponibiliza bolsas de estudo para os(as) atletas do NBPG. Além desta parceria, a participação dos alunos de Jornalismo têm sido fundamental para o projeto. É o que comenta o assessor de imprensa da CCR RodoNorte, Sebastião Machado Neto. “O conteúdo de material, pela quantidade de produção que é feita, seja de vídeo, texto, áudio. Tudo isso é importante para ampliar o entendimento que as pessoas têm do projeto e de afirmação do NBPG como uma equipe que representa a cidade de Ponta Grossa como um todo”, enfatiza o jornalista.

Com resultados positivos dentro e fora da sala de aula, o professor Rafael já almeja levar as aulas práticas para outros esportes, proporcionando um aprendizado cada vez mais completo para os acadêmicos de Jornalismo da UniSecal.



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by