Aluna com deficiência visual consegue duas medalhas em competição de atletismo

Foto: Reprodução - AAAZ

A competição aconteceu na cidade de Curitiba (PR) entre os dias 12 e 14 de abril

A acadêmica do curso de Direito da UniSecal, Stephanie Raianny Borba, participou no mês de abril do ‘Circuito Brasil Loterias Caixa – Fase Rio/Sul’ e ficou em 2º lugar nas provas dos 100m rasos e salto em distância. Com a promoção do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), participaram da competição atletas com deficiência física, visual e intelectual. A aluna competiu na categoria B1, a qual disputam atletas que não enxergam e precisam de um guia para correr, no caso dos 100m rasos, e de auxílio (palmas, por exemplo), no salto em distância.

Composto por quatro fases regionais e duas nacionais, Stephanie conta que foi recompensador estar competindo pela cidade de Ponta Grossa (PR) na fase regional.

“Estar representando a cidade e pessoas com deficiência é gratificante, porque gosto de motivar os outros, principalmente quem tem alguma limitação. Muitos acham que não podem fazer nada, e o esporte é uma forma de ajudar a pessoa a se reerguer, ter uma autoestima, se sentir seguro e mostrar capacidade, sem depender de outra pessoa e ser independente”, enfatiza Borba.

Já disputado uma vez na fase nacional do ‘Circuito’, a estudante, que está próxima de se formar no curso de Direito, espera continuar com a vida acadêmica e esportiva. “Pretendo conciliar os estudos com o esporte. São duas coisas que gosto muito de fazer”, finaliza.

Atlética de Direito ajuda em competição

Por conta dos custos com a viagem para a cidade de Curitiba (PR), local onde foram realizadas as provas do ‘Circuito Brasil Loterias Caixa’, a Associação Atlética Acadêmica Z (AAAZ) contribui com doações de dinheiro para as despesas de viagem e de alimentação. Além disso, por meio de parceiros, foi conseguido tênis, suplemento alimentar e Shakeira (utensílio para misturar bebidas), o que viabilizou a participação da aluna na competição.

Para a presidente da atlética, Patrícia Adrielle Queiroz, Stephanie é exemplo de pessoa. “É gratificante demais ver ela se destacando. É um exemplo de atleta e de superação para todos que conhecemos a história dela”, explica.

Circuito Brasil Loterias Caixa

Segundo o site da competição, o Circuito Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, natação e halterofilismo. Composto por quatro fases regionais e duas nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by