Alunos recebem ‘Círculo de Integração’ de acadêmicos de Direito

Atividade teve como objetivo aproximar e conectar os novos estudantes com o ambiente universitário

O Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) tem se firmado como uma ‘Universidade Restaurativa’. Por meio de práticas consensuais de solução de conflitos, acadêmicos, professores e colaboradores da instituição, e também a comunidade, via Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), têm participado e aprendido sobre esses métodos. Desta forma em 6 de agosto, os calouros dos cursos de Administração e Ciências Contábeis receberam um ‘Círculo de Integração’. A atividade, que foi mediada por alunos da graduação em Direito, teve como objetivo aproximar e conectar os novos estudantes com o ambiente acadêmico.

Durante o exercício, que também contou com a presença da Profa. Ma. Larissa Suzane Biscaia, os calouros puderam falar um pouco a respeito de como estavam se sentindo e que valores consideravam importantes dentro da sala de aula. Além disso, uma atividade dinâmica foi realizada, onde os alunos sentavam de frente para o outro e conversavam sobre alguns temas propostos, dentre eles histórias de infância e como seu melhor amigo te descreveria.

Facilitadores

O ‘Círculo de Integração’ foi mediado por dois acadêmicos do curso de Direito: Janaina Amaral e Murilo Gaspar Gross de Paula. Ambos receberam formação como facilitadores da Justiça Restaurativa, por meio das práticas desenvolvidas dentro da UniSecal. De acordo com Murilo, que atualmente está no 5º período da graduação, cada círculo é planejado antecipadamente, “de modo a atender às demandas. Para cada situação, há uma metodologia circular diferente”, explica.

Para Janaina, a realização do ‘Círculo de Integração’ é positiva aos novos estudantes.

“O grande benefício que traz aos calouros é fazer com que eles se sintam a vontade dentro do seu novo contexto, que sintam pertencimento à nova instituição de ensino e apoiados plenamente”, enfatiza a também acadêmica do 5º período.

Solicitação de círculos

As práticas restaurativas podem ser solicitadas por qualquer estudante, professor, colaborador ou comunidade. Com realização do NPJ, basta preencher o formulário e requerer os círculos de construção de paz ou fortalecimento de vínculo/relacionamento. Os dados fornecidos são sigilosos e somente a equipe de facilitadores da UniSecal têm acesso.

Além dessa opção, as solicitações podem ser realizadas no NPJ da UniSecal, localizado no Campus III da instituição (Rua Júlio de Castilho, 642, Centro, Ponta Grossa/PR).

Fórum de JR e Direitos Humanos

A UniSecal, em parceria com o Centro Judiciário de Soluções De Conflitos E Cidadania (CEJUSC-PG), Instituto Mundo Melhor (IMM) e Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PPGCSA-UEPG), realizará o ‘II Fórum de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Direito Humanos’, em 9 e 10 de setembro. O evento contará com apresentações, palestras, oficinas, e terá a presença de Juíza, doutores, mestres e especialistas na área.

As inscrições de trabalhos podem ser efetuadas até 11 de agosto e, para ouvintes, encerram em 6 de setembro. O objetivo do ‘Fórum’ é reunir estudiosos, profissionais e interessados no assunto, a fim de aprofundar e divulgar conhecimentos acerca dos métodos consensuais de solução de conflitos e direitos humanos na cidade de Ponta Grossa (PR) e região dos Campos Gerais.

 

Conteúdo relacionado:

Acadêmicos de Direito realizam projeto de extensão da Justiça Restaurativa

Alunos de pós-graduação realizam debate sobre sistema de justiça para vítimas de violência



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by