Juíza do Pará e pesquisadora internacional palestram em evento da UniSecal

Reprodução: Juíza Josineide, Agência Santarém de Notícias.

Palestras serão sobre a Justiça Restaurativa e acontecerão no Pax e na OAB, respectivamente, em 9 e 10 de setembro

As inscrições como ouvinte para o ‘II Fórum de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Direitos Humanos’ encerram na próxima sexta-feira, 6 de setembro. Além de apresentações de trabalhos e oficinas, o evento contará com duas palestras: a primeira com a Juíza de Direito do Trabalho do Estado do Pará, Ma. Josineide Gadelha Pamplona Medeiros, e a segunda com a pesquisadora internacional, Dra. Petronella Maria Boonen. O evento é uma realização do Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) e acontecerá na próxima semana, em 9 e 10 de setembro.

Com o objetivo de reunir estudiosos, profissionais e interessados na área, a fim de aprofundar e divulgar conhecimentos acerca dos métodos consensuais de solução de conflitos e direitos humanos, o ‘II Fórum’ tem a parceria do Centro Judiciário de Soluções De Conflitos E Cidadania (CEJUSC-PG), Instituto Mundo Melhor (IMM) e Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PPGCSA-UEPG).

Palestras

A palestra de abertura do ‘II Fórum’ acontecerá no Cine Teatro Pax (Rua Dr. Antônio Russo, 28, Oficinas, Ponta Grossa/PR), a partir das 19h. Com o tema ‘Justiça Restaurativa enquanto mudança de paradigma e suas implicações para as políticas públicas’, a atividade será mediada pela Juíza de Direito do Trabalho do Estado do Pará (TJPA), titular da 5ª Vara Cível e Empresarial/Infância, Juventude e Interditos e coordenadora do CEJUSC Comarca de Santarém, Josineide Gadelha Pamplona Medeiros.

E em 10 de setembro, às 9h, a doutora e mestra em Sociologia da Educação pela Universidade de São Paulo (USP), Petronella Maria Boonen, palestrará sobre a ‘Não-Violência como princípio da Justiça Restaurativa’. O evento será realizado no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (Rua Dr. Leopoldo Guimarães da Cunha, 510, Oficinas, Ponta Grossa/PR). A pesquisadora internacional tem trabalhos realizados na Guatemala, Peru, Colômbia, Argentina, Uruguai, Paraguai, Romênia, Bolívia e Áustria.

Serviço

As inscrições não têm custos e os participantes que marcarem presença em todas as atividades do evento (palestras, oficinas e apresentação de trabalhos) receberão um certificado no total de 15h.

Outras informações sobre o ‘II Fórum de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Direitos Humanos’ no site da UniSecal ou no telefone da Central de Relacionamento da instituição: (42) 3220-6700. O número é o mesmo para ligações ou mensagens via WhatsApp.

 

 

Conteúdo relacionado:

Oficinas de ‘Fórum’ trazem assistentes sociais, fisioterapeutas e psicólogos a UniSecal

UniSecal traz curso inédito para Ponta Grossa com pesquisadora internacional



1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by